Central de Publicacões - Novidades para o seu negócio

Secretaria da Fazenda irá descontinuar Emissores Gratuitos do CT-e e NF-e

Assine nossa newsletter

A partir de 1º de Janeiro de 2017, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo irá descontinuar os emissores gratuitos da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e também do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), por isso, não será mais possível fazer o download desses emissores gratuitos. A notícia é oficial e está disponível no Portal Oficial da SEFAZ/SP.

O processo de informatização dos documentos fiscais e sua transmissão via internet foram implantados em 2006 e 2008, respectivamente, mas com o tempo, a SEFAZ observou que muitos contribuintes deixaram de utilizar o emissor gratuito e optaram por soluções mais completas, com armazenamento ilimitado, integração com sistemas internos, relatórios de documentos fiscais emitidos, suporte técnico, esse muitas vezes estendido, como é o caso do suporte 24X7 da Ophos, um suporte completo, que atende o usuário tanto por telefone, como por e-mail durante os sete dias da semana, 24 horas por dia.

Assim, a decisão de descontinuar os emissores gratuitos foi orgânica, gradual e acompanha o desenvolvimento econômico que exige mais profissionalização dos pequenos e médios empresários, contribuintes. Por isso, a SEFAZ recomenda que os usuários que já tenham o aplicativo instalado, façam a migração para outras soluções, que contrate suas próprias soluções para darem continuidade as obrigações fiscais, antes que a introdução das novas regras de validação impeça o seu correto funcionamento, a falta das emissões desses Documentos Fiscais acarreta multas e penalizações para o contribuinte.

Uma alternativa interessante para quem precisará de emissores particulares é a solução Ophos.CT-e e também a solução Ophos.NF-e, ambas agilizarão o dia a dia do seu negócio com as emissões dos Documentos Fiscais com vantagens competitivas, pois a Ophos oferece aos seus usuários benefícios de terem um Portal de emissão 100% WEB, não limitando a emissão para apenas um computador, como era o caso dos emissores gratuitos, mas aumentando a emissão para qualquer computador, tablet ou smartphone com acesso à internet. E ainda garante a economia do tempo com a geração de CT-e a partir da NF-e/CT-e, cálculo automático de imposto, envio automático do CT-e e DACTE ou NF-e e DANFE, armazenamento ilimitado, suporte técnico altamente qualificado e diversas opções de planos para atender a necessidade, o tamanho do seu negócio.

Entre em contato com a Equipe Comercial e saiba mais informações.

Fonte: http://www.fazenda.sp.gov.br/publicacao/noticia.aspx?id=4795
 






Comentários Deixe o seu comentário. Sua opinião é muito importante.